FISIOTERAPIA UROGINECOLÓGICA

A Fisioterapia Uroginecológica atua no tratamento conservador das disfunções urogenitais, ou seja, mulheres que são acometidas de problemas que envolvem os músculos do assoalho pélvico (músculos que circundam a vagina e o ânus).

Os músculos do assoalho pélvico tem uma função importante no corpo; a de manter todas as estruturas da pelve em seu lugar, exercendo suas funções corretamente, portanto traumas como partos numerosos e/ou complicados, cirurgias vaginais, predisposição muscular a flacidez entre outros, podem provocar alterações nessa estrutura e por fim, disfunções que acarretam em danos à saúde da mulher.

As morbidades mais freqüentes são: Incontinência Urinária, Cistocele (mais conhecido como “bexiga caída ou baixa”), disfunções sexuais como anorgasmia, vaginismo e dispaurenia. Até poucos anos atrás, se acreditava que o tratamento da incontinência urinária e dos prolapsos eram estritamente cirúrgicos, conceito este, reformulado após o desenvolvimento da técnica de fisioterapia uroginecológica. A organização mundial de saúde (OMS), em consenso, recomenda o tratamento fisioterapêutico em pacientes com incontinência urinária ou prolapso leve como primeiro tratamento, visto que vários estudos têm mostrado a possibilidade desta intervenção evitar ou postergar o processo cirúrgico.

 

 

Desenvolvemos

Tratamento neurológico infantil e adulto, estimulação sensório motora para bebês prematuros e crianças especiais, através do método bobath e equipamentos de ultima geração de estimulação motora.